Design Ecológico Mairinque

Localização: Mairinque

Cliente: Mariana e Diego

Ano: 2020 – 2021

 

Em 2020, iniciamos o Planejamento Integrado desta propriedade de 4.000 m2. O foco desta etapa foi o design ecológico de território, incluindo desde o conceito de ocupação geral, até a infraestrutura ecológica ligada à casa sede, o paisagismo multifuncional e as novas edificações.

Este planejamento dialoga com os desejos dos clientes e é fruto de pesquisas internas e estudos desenvolvidos in loco, trazendo, portanto, uma solução customizada adequada à realidade e às necessidades em questão.​ As primeiras ações no sítio foram a transformação do pomar convencional em um pomar agroflorestal e a criação de uma horta agroecológica. Em seguida, olhamos para o manejo de água de chuva: executamos canais de infiltração e um sistema de captação no terreno e uso de água da chuva para a edificação existente.

Os canais de infiltração (ou swales) serpenteiam grande parte do espaço, para melhorar a drenagem, resolver os problemas de erosão e trazer a água como uma fonte de nutrientes. Estes canais auxiliam na retenção e infiltração da água da chuva no solo, sendo uma tecnologia recomendada para terrenos com declividade moderada. Foram plantadas espécies vegetais específicas nestes canais, que direcionam o excedente de água para lagos de retenção na parte mais baixa do terreno e que compõem uma área de contemplação junto ao deck.

Já o sistema de captação e uso de água de chuva para a casa sede foi projetado e executado para atender à grande demanda de água, especialmente para regas de frutíferas e hortas na propriedade. O sistema conseguiu atingir um pico de econômica de 80% na conta de água! A implantação do sistema foi completa, envolvendo projeto com dimensionamento correto de cada elemento e execução de todas as estruturas necessárias:

  1. Captação e condução – instalação de calhas e tubulação condutora até cisterna
  2. Armazenamento – construção de cisterna em alvenaria semienterrada com capacidade para 19.000L
  3. Recalque – sistema de bombeamento automatizado para reservatório elevado
  4. Filtragem – instalação de sistema primário para folhas e partículas grossas e secundário para micropartículas, cor e odor
  5. Distribuição – execução de base elevada em madeira para a caixa d’agua e tubulações de abastecimento dos sanitários e torneiras para rega
  6. Elétrica – execução de toda a estrutura elétrica para o funcionamento de bomba, boias elétricas e pressurizador

A Ecosapiens em todos os seus trabalhos faz uma leitura da paisagem e a partir daí dialoga com a natureza do lugar, projetando e propondo! Auxiliamos na mudança do urbano para o rural (ou semi-urbano), trazendo a natureza para perto de forma eficiente e cooperativa!

 

Ficha técnica:

Projeto: Felipe Acea, Felipe Pinheiro, Marta Levy, Agnes Rumi e Denise Chierighini

Obra: Felipe Acea

Tags:

Design ecológico, Diagnóstico Territorial, Energias renováveis, Infra estrutura verde, Leitura de Paisagem, Manejo de agua de chuva, Paisagismo funcional, Planejamento ecologico, Planejamento Territorial, Regeneração, Tecnologias Ecológicas

Compartilhe